Quem é vivo sempre aparece

Para comemorar (mais um) retorno do Olhar Leigo, nada melhor que um saboroso e polêmico Top 5. E como estamos falando de voltas triunfais, analisemos as melhores do cinema. Quais são os atores que, estando por cima, afundaram no ostracismo para mais tarde levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima?

Confira.

 

5. Mickey Rourke

É difícil falar hoje em ressurgimento sem lembrar de Mickey Rourke. Ator de carreira estável, fez filmes de algum êxito nos anos 80, chegando ao estrelato como símbolo sexual em 9 1/2 Semanas de Amor. Mas um retorno ao boxe, antiga paixão, acabou com seu rosto e com seus dias de galã. Voltou a atuar, agora em pequenas pontas e envolveu-se com drogas. Só em Sin City tornou a ser elogiado pela crítica. Porém foi em O Lutador que ele novamente marcou território. Fazendo um papel que lembra a sua própria vida, concorreu ao Oscar, ganhou o Globo de Ouro e voltou ao mainstream.

 

 

4. John Travolta

John Travolta teve um sucesso retumbante nos anos 70. Foi o rosto principal de dois filmes icônicos, Grease e Os Embalos de Sábado à Noite. Mas o máximo que conseguiu nos anos seguintes foi o clássico Sessão da Tarde Olha Quem Está Falando, já no fim dos anos 80. Sua sorte mudou em 1994, quando um jovem diretor chamado Quentin Tarantino apareceu na sua vida. Travolta pegou o papel recusado em Pulp Fiction por Michael Madsen, cobrando uma mixaria por seus serviços. O filme ganhou a Palma de Ouro em Cannes e Travolta concorreu ao Oscar. Foi lançado de volta aos céus de Los Angeles.

 

 

3. Robert Downey Jr.

Se você está acostumado com o recente sucesso do nosso terceiro colocado em filmes como Iron Man, Sherlock Holmes e Trovão Tropical, deve achar que esse ator sempre esteve ao lado dos blockbusters. Entretanto, a atual fase de Downey Jr. é a retomada de um promissor ator que, em 1993, já havia concorrido a um Oscar de melhor ator por Chaplin. Mas afundou-se nas drogas e teve que passar muito tempo se tratando. O engraçado é que o primeiro trabalho dele depois da reabilitação foi um lip dub para um clipe de Elton John. Sério!

 

 

2. Drew Barrymore

Um grande clássico marcou a infância de Drew Barrymore. A estrela mirim encantou a todos aos cinco anos em E.T. – O Extraterrestre. Todavia sua juventude foi marcada por drogas e álcool – só para variar um pouco na nossa lista. Aos 11 anos fumava e bebia, aos 13 cheirava. Depois de recuperar-se, a atriz fez pequenos papéis, incluindo uma participação especialíssima em Pânico. Mas seu retorno foi marcado por As Panteras e desde então estabeleceu-se como uma das atrizes mais bem pagas da atualidade, fazendo das comédias românticas como Como se Fosse a Primeira Vez o seu principal ganha pão.

 

 

1. Marlon Brando

O número um da lista é considerado por muitos o melhor ator de todos os tempos. A década de 50, quando começou, foi recheada por grandes sucessos como Um Bonde Chamado Desejo e Sindicato dos ladrões e Brando chegou a ser nomeado quatro vezes consecutivas ao Oscar. Mas até os mitos têm suas dificuldades. E a década seguinte, que não merece ser chamada de fracasso, nem de perto brilhou como a passada e Brando ficou um tanto longe dos holofotes. A virada aconteceu em 1972: Marlon Brando faz o papel de Vito Corleone em O Poderoso Chefão.

Precisa dizer mais?

, , , , ,

2 Respostas para Quem é vivo sempre aparece

  1. Bruno Zé 13/01/2012 às 11:34 #

    Não entraria no Top 5 (que até o momento estou achando perfeito, quem sabe eu lembre de alguém mais tarde rs), mas merece menção honrosa o nosso eterno Rocky Balboa. Depois de filmes terríveis, fez um excelente Rocky, um divertido Rambo e uma ode aos filmes brucutus dos anos 80: Os Mercenários (que já tem uma continuação no forno).

  2. DP 13/01/2012 às 12:48 #

    Acabei fazendo só de atores, mas eu tinha pensado em colocar diretores, personagens… Aí Rocky entraria, já que teve uma redenção depois de um ridículo quinto filme.

Deixe uma resposta