A Origem: uma idéia quase perfeita

Christopher Nolan é um cineasta com uma filmografia invejável. É dele o  impecável Amnésia, o perturbador Insônia, o belo O Grande Truque e, como se não bastasse, ele ressuscitou de forma magistral o Homem-Morcego com os excelentes Batman Begins e o Batman – O Cavaleiro das Trevas. Em A Origem, o cineasta mais uma vez acerta a mão e apresenta uma idéia genial com conceitos mirabolantes que, por pouco, não resultaram num longa perfeito.
Continuar lendo

Exterminado do Futuro – A Salvação: triste fim?

rating_duasestrelas

terminator-salvation1Quando foi anunciado que teríamos um novo capítulo da franquia Exterminador do Futuro, minha primeira reação, graças ao fraco terceiro filme, foi de apreenssão. Para aumentar meus temores, confirmaram o diretor McG (As Panteras Detonando) no comando da produção. E como se não bastasse, graças a sua carreira política, meu ídolo brucutu Arnold Schwarzenegger não voltaria como o icônico T-800 (ou T-101, se preferir). Deu no que deu.

Continuar lendo

Predador vai ressuscitar

predatorE pode ser em grande estilo. Depois de Alien, mais um grande sucesso da década de 80 (eu sei que o primeiro Alien é de 79, mas já no finalzinho e Aliens também estourou em 86) vai ressuscitar: Predador. E dessa vez vão fazer corretamente: cada um no seu quadr… digo, filme. Nada de Aliens vs Predador. O novo longa do Predador será dirigido pelo cineasta Robert Rodriguez. O Olhar Leigo espera que o diretor nos apresente algo insano como uma mistura de Sin City com Planeta Terror. Isso sim seria cool!

Novo Alien pode estar no forno

alienUm representante da Fox informou que um novo filme da franquia Alien pode sair do papel em breve. A melhor parte da notícia? Ridley Scott pode assumir a direção. Isso mesmo. O diretor do primeiro longa da série pode voltar para o comando da nova produção e, quem sabe, nos presentear com mais uma obra prima pop. Será que Sigourney “Tenente Ripley” Weaver também voltará? O Olhar Leigo aguarda ansioso por novas informações.

Moon

Moon é o novo longa de Sam Rockwell (Frost/Nixon) e será dirigido por Duncan Jones, filho de David Bowie. O longa parece um mixto de 2001 com O Náufrago e pitadas de Sunshine. Já havia dito no review de Frost/Nixon o quanto gosto do subestimado Rockwell e, pelo trailer, parece que teremos mais uma mostra do seu talento. O filme estréia nos Estados Unidos em 12 de junho, mas ainda não há previsão de lançamento no Brasil.