Invocação do Mal

A famigerada história da família que compra uma casa sem saber que esta está infestada de forças sobrenaturais. Ao ser requisitado, um casal de famosos investigadores sobrenaturais tenta solucionar o problema.

Invocação do Mal

Em filmes de terror já é habitual os dizeres “baseado em fatos reais”, mesmo que estejam longe disso. Acontece que em Invocação do Mal, realmente há fatos reais para se basear. Ed e Lorraine Warren são dois populares investigadores do paranormal. São duas figuras interessantes e prevejo que serão personagens de muitas ficções no futuro.

O longa cumpre sua tarefa primária: assustar. As várias situações tradicionais do terror estão todas lá: personagens sozinhos, decisões equivocadas, fantasmas apavorantes, entre outros. Mas a melhor coisa da direção de James Wan, mesmo de Jogos Mortais, é trazer o espectador à cena. Ao fazer a câmera acompanhar os personagens, caminhamos junto com eles pelo desconhecido, cômodo por cômodo da casa.

O design de produção é competente e nos transporta para os anos 70. Mas mais do que a precisão de época, é difícil não associar aquele visual retrô aos clássicos da categoria, como O Exorcista e Poltergeist.

Infelizmente o pânico gerado não vem apenas diretamente do medo que a história causa. O filme costuma dar muitos sustos, mas utilizando métodos não muito originais. Não é raro pular da cadeira por causa dos sons altíssimos que os efeitos sonoros conferem.

É contraditório que Invocação do Mal consiga trazer novo fôlego ao gênero mesmo utilizando velhos clichês. Mas ao abraçá-los e assumi-los, o filme traz bons momentos do velho e bom terror.

Leigômetro: ★★★☆☆ 

Ficha Técnica
Invocação do Mal (The Conjuring, 2013)
Direção: James Wan
Roteiro: Chad Hayes, Carey Hayes
Elenco: Vera Farmiga, Patrick Wilson, Lili Taylor, Ron Livingston

, , , , , , , , , , , , , ,

Sem comentários.

Deixe uma resposta