Wolverine – Imortal

Depois de passar muito tempo afastado da “atividade de herói”, Logan é chamado no Japão por um velho amigo que está morrendo. Acaba então envolvido num conflito que pode transformá-lo em definitivo.

Wolverine - Imortal

Depois de X-Men Origens: Wolverine, não se esperava muita coisa deste segundo filme solo do herói da Marvel. Mas se o primeiro apostava mais num tom cartunesco, este tenta partir para um lado mais sombrio, que, convenhamos, combina mais com o perfil do protagonista. A missão parece ser bem sucedida, pelo menos nos dois primeiros terços da projeção.

Inicialmente Logan é representado como um animal, com cabelo grande, fazendo marcas em árvores e até mesmo conversando com ursos. Animal que ele insiste em repetir que já ficou para trás, mas que as imagens negam.

O diretor James Mangold (de filmes tão díspares quanto Johnny & June, Os Indomáveis, Identidade e Garota, Interrompida) infelizmente não consegue evitar e usa piadas bobas e gratuitas que quebram o clima, como o banho que Logan é obrigado a tomar e tenta fugir como um gato. Mas apesar disso, o clima permanece num tom razoável, e tem boas cenas de ação, como a perseguição a pé ou os personagens que correm nos telhados e lembram um pouco antigos filmes de kung-fu.

Acontece que todo esse trabalho não se sustenta, e no último ato voltamos um pouco ao velho estilo cartunesco que, pensa-se, vai atrair mais fãs. O longa também não consegue fugir dos velhos clichês. O mais irritante por ser repetido à exaustão, é o velho: fere o Wolverine, este vira-se para a câmera, o ferimento é curado, close de raiva.

Quanto à atuação, Hugh Jackman não é um ator formidável, mas sempre consegue incorporar bem este personagem que já parece indissociável de sua figura. Com os mesmos aspecto e maneirismos, para o bem e para o mal, Jackman é o Wolverine. Além dele ninguém brilha no filme, nem há espaço.

Wolverine – Imortal diverte. Talvez fique um filme bem maior do que é pela inevitável comparação com o anterior. Mas sem dúvidas é um ótimo aperitivo para as próximas películas dos X-Men que vêm por aí.

Leigômetro: ★★★☆☆ 

Ficha Técnica
Wolverine – Imortal (The Wolverine, 2013)
Direção: James Mangold
Roteiro: Mark Bomback, Scott Frank, Christopher McQuarrie
Elenco: Hugh Jackman, Rila Fukushima, Hiroyuki Sanada, Svetlana Khodchenkova, Brian Tee, Hal Yamanouchi, Will Yun Lee, Famke Janssen

, , , , , , , , , , , , , , , , ,

Sem comentários.

Deixe uma resposta