Grey’s Anatomy: Balanço de meia temporada

AVISO:
Esse post é totalmente passional e você tem todo direito de discordar dele, afinal sou uma leiga, mas discorde com educação, ok?
E só para lembrar, contém muitos spoilers da 7º temporada!

Grey’s Anatomy para mim é bom quando eu choro ou pelo menos fico emocionada com uma cena. Se isso não acontecer é porque foi ruim! –> MEU CONCEITO!

Com essa declaração, pergunto:

Só eu que não estou gostando dessa temporada? Já passaram 10 episódios e… estou achando uma chatice só! Derramei pouquíssimas lágrimas!

Estava relendo o post que fiz no início da temporada, cheia de esperanças para o que vinha pela frente, e confesso que ainda tenho esperanças, só porque ela é a última que morre, mas está difícil!

A coisa mais chata dessa temporada é esse drama da Cristina Yang. Todo mundo ficou traumatizado com o massacre do fim da temporada passada, com o tempo foram curando seus traumas e alguns ainda tem sequelas, mas a Cristina passou do limite!

Quando “previ” uma mudança no personagem não imagina que seria para pior!

Revendo a 6ª temporada percebo que aquela crise que Yang teve quando não tinha um “deus” da cardiologia para ensiná-la foi bem mais interessante do que essa! Porque ela ia a luta, chegou a pedir para ser demitida pelo Chief, caso não tivesse alguém para ensiná-la. Se “oferecia” aos médicos para ter algo para cortar e agora… bem, ela não quer nem saber do hospital, não interage com a Meredith e está de amizade com o Derek! Com o DEREK?? Não dá!

Se ela não vai sair da série (pois tem contrato até, pelo menos, a 8ª temporada) vamos ver isso aí, Shonda (criadora e roteirista da série)! Porque dez episódios de um drama insosso, não tem fã que suporte.

E não posso deixar de falar da Teddy. Qual o objetivo dessa personagem sem a Cristina por perto? Fica o tempo todo chorando: “eu quero a Cristina, eu quero a Cristina”! Nem o Owen sente tanta falta da Cristina quanto a Teddy!

Outra coisa chata: Meredith e Derek! Quando eles não estavam juntos era um saco, agora que estão casados e felizes é um porre maior ainda! Felicidade não é sem graça! Creio que está na hora de acontecer algo (legal) com esses dois!

E  para finalizar a chatice, podem fazer o que quiserem que eu vou continuar achando a April a pessoa mais chata desse hospital! Não, eu não vou engolir!

Dra. Miranda Bailey, sempre bem, sempre deixando sua marca, e já vai partir para seu segundo romance pós separação! O enfermeiro Eli é super gato, mas eu ainda estou apegada ao Dr. Ben, que não deve voltar, pois o ator está em outra série! Vamos ver o que acontece!

Eu pensando que a Arizona ia ficar mais tempo fora da série, para a atriz curtir sua licença maternidade, eis que ela surge neste capítulo 10. Juro que estou na dúvida se é um retorno ou não! Porque até é legal ver a Callie com o Mark, mas como melhores amigos!

Para não dizer que não estou gostando de nada, o retorno lento da Lexie com o Sloan está ótimo e espero que voltem e sejam felizes, mas já disse que felicidade não é chatice, hein, Shonda?

E o Alex corre por fora, o personagem cada vez mais maduro, talvez justamente por sofrer tanto nessa série! Se eu fosse diretora desse hospital, muito em breve daria um jaleco azul escuro (de atendente) para ele!

E o Avery está entrando nos eixos também! Continuo torcendo que ele não vá embora para o hospital do avô!

Acho que só ficou faltando falar do Chief, que adoro, mas nem tem muito o que falar! Depois de sua crise, Richard voltou a tomar conta do seu hospital e está tentando, como sempre, colocar as coisas em ordem!

Bom, é isso! Vamos ver o que os próximos episódios reservam para nós, fãs desesperados e apaixonados por Grey’s Anatomy!

Espero voltar aqui com boas notícias e não com esse post chato que demorei uma semana para escrever!

OREMOS!

Easter Egg (Que bem poderia ser um presente de Natal!)

Só para não deixar o post tão sem graça, vocês já perceberam a presença da Enfermeira Bokey em quase todas as cirurgias, principalmente as do Derek? Não fala uma palavra, mas está lá, sempre tem um close, um olhar, um sorriso (com os olhos). A vejo tanto que considero da família Grey’s! Fico procurando por ela a cada cirurgia!

Tem até página do Facebook em sua homenagem!

Um comentário sobre “Grey’s Anatomy: Balanço de meia temporada

  1. Essa história da Cristina é interessante. Mostra que mesmo a mais “durona” das pessoas, um dia cai. Tá mostrando que ela humana. Durante o massacre toda aquela pressão foi p cima dela, q tinha ao lado a melhor amiga abortando desesperada e literalmente o coração do amor da amiga nas mãos. Então, tô aceitando td essa fase louca dela, pq ela merece um tempo, cada um tem um jeito de resolver as coisas na vida quando lhe colocam no seu limite.

    Me divirto horrores com Bailey, sem dúvidas ela, Sloan e Little Grey é o que anima essa temporada.

    Eu simplesmente adoro Karev…é outro durão que tá amolecendo de uma maneira diferente na série.

    Acho que essa temporada de Greys tá sendo a temporada das mudanças. Os personagens estão mudando e amadurecendo. Acho isso ótimo, pq vai aos poucos concluindo um ciclo que é normal na vida real(ou pelo menos deveria ser) rs

    O fato de Derek e Grey estarem felizes d+, é justamente aquela fase inicial do casamento né, q td mundo diz, tá td lindo e maravilhoso rs
    É até bom pq foca em outros personagens que merecem destaque na serie.

    😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *