Ratatouille: ratos na cozinha

Ratatouille

A história do rato que queria ser cozinheiro. Parece uma premissa das mais clássicas da Disney. Mas com o dedo da Pixar na jogada, a história muda. A tradição que Ratatouille segue é a de divertir.

Remy é um humilde rato do interior da França que tem um talento que o diferencia dos seus amigos e parentes: o paladar. O destino acaba levando Remy à Paris para encontrar seu inusitado amigo, o atrapalhado – e humano – Linguini, num restaurante famoso, onde vai tentar seguir seu sonho de ser chef.

Descrições estilo Sessão da Tarde à parte, a nova produção deste estúdio que hoje é o melhor no que faz, mais uma vez enche os olhos. Brad Bird, de Os Incríveis, continua conduzindo suas obras com um perfeccionismo invejável.

Vale notar uma semelhança com Perfume: A História de um Asassino: a habilidade do ratinho para apreciar sabores é traduzida para a tela de maneira parecida com a do assassino que aprecia aromas. E com a liberdade gráfica de uma animação.

Repleto de personagens interessantes e fugindo de clichés, Ratatouille diverte sem forçar a barra. Emociona sem ser piegas. Critica com força e delicadeza.

Mais uma vez uma animação que não é simplesmente um "desenho para crianças", mas um filme a ser comparado de igual para igual com os live-action. Uma ótima ida ao cinema.

Ficha Técnica
Ratatouille (Ratatouille, 2007) Cinco estrelas
De: Brad Bird
Com: Patton Oswalt, Lou Romano, Peter O'Toole e Brad Garrett (vozes)
[site oficial] [imdb]

 

 

Aproveite e compre: Os Incríveis, Carros, A Noiva Cadáver

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *