About Bruno Zé

Author Archive | Bruno Zé

Planeta Terror: puro entretenimento trash

Planeta Terror: puro entretenimento trash

Se você gosta apenas de filmes conceituais, que venham acrescentar algo à sua vida, abomina filmes trash e detesta filmes inverossímeis, então fuja de Planeta Terror, primeira parte da homenagem às sessões duplas de “filmes B” dos anos 70, realizadas pelos loucos Tarantino (Kill Bill) e Rodriguez (A Balada do Pistoleiro, e diretor do segmento […]

Ler artigo completo Comentários { 0 }
Piratas do Caribe 3: quase um naufrágio no fim do mundo

Piratas do Caribe 3: quase um naufrágio no fim do mundo

Gore Verbinski parece ter esquecido a fórmula mágica responsável por fazer de Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra o sucesso que possibilitou a trilogia caribenha. Faltou humildade, ou melhor, faltou o primordial: simplicidade. Com excelentes e exagerados efeitos especiais, o diretor tentou disfarçar a confusa trama megalomaníaca criada para a terceira (e espero, […]

Ler artigo completo Comentários { 1 }
O Cheiro do Ralo: cinema independente de verdade

O Cheiro do Ralo: cinema independente de verdade

  Orçado inicialmente em R$ 2,5 milhões e finalizado, aos trancos e barrancos (praticamente na marra), com enxutos R$ 330 mil, “O Cheiro do Ralo”, baseado na obra de Lourenço Mutarelli, nos traz um Selton Mello (O Auto da Compadecida) despido de (quase) qualquer maneirismo numa atuação madura, segura e brilhante.  

Ler artigo completo Comentários { 0 }
Sin City: noir violento e com estilo

Sin City: noir violento e com estilo

O diretor Robert Rodriguez (Pequenos Espiões) teve muito trabalho para convencer Frank Miller a vender os direitos de sua obra prima para uma adaptação cinematográfica. O resultado é um filme noir, violentíssimo que inventou uma nova forma de se fazer cinema cheia de estilo. Filmado exatamente como na HQ (história em quadrinhos) – em preto […]

Ler artigo completo Comentários { 0 }
Arthur e os Minimoys: bonitinho, mas ordinário

Arthur e os Minimoys: bonitinho, mas ordinário

Arthur é um garoto de 10 anos de idade que, para evitar a demolição da casa de sua avó, viaja a um mundo fantástico (a terra dos Minimoys) em busca de um tesouro. A animação é muito bem feita e até inovadora. As cenas de ação também são bem "dirigidas" e divertem. Infelizmente, o mesmo […]

Ler artigo completo Comentários { 0 }
Obrigado Por Fumar: argumentando-se bem, que mal tem?

Obrigado Por Fumar: argumentando-se bem, que mal tem?

“Essa é a beleza da argumentação. Se argumentar bem, nunca estará errado.” Com essa frase Nick Naylor (Aaron Eckhart) resume o mote de Obrigado Por Fumar, filme escrito e dirigido pelo estreante em longas de ficção Jason Reitman.

Ler artigo completo Comentários { 0 }